Tag: ‘Animais’

25 . Fevereiro . 2016

Vocês já repararam que os animais respondem instintivamente a estímulos, iguais aos seres humanos? E o mais engraçado é que isso deveria ser uma notícia fantástica, mas que esse não é o lado bom da história?

No país existem vários laboratórios que são exclusivamente voltados para pesquisas farmacêuticas que produzem os seus testes em animais. Durante anos essas experiências são feitas em uma vasta variedade de bichos, como por exemplo, camundongos, hamsters, cães, coelhos, chimpanzés e outros tipos.

A maioria dos testes destes laboratórios causam maus tratos e danos permanentes, pois para que seja testado a eficácia do medicamento é necessário criar algumas lesões e isso acaba interferindo no bem estar do animal, sendo que um dos grandes percentuais dos experimentos são feitos sem o uso da anestesia.

No Brasil de acordo com a lei 11.794/08 do protocolo nacional e internacional de pesquisas em animais, não classifica como crime os testes realizados em animais, porém de acordo com o código de ética é necessário que haja um controle que visa o custo versus benefícios de tais pesquisas, sempre visando a segurança e tranquilidade dessas ações. Mas infelizmente não são todos os estúdios que levam como praxe resgatar a compaixão pelos animais.

O responsável por formular e zelar das normas relativas e humanitárias é o CONCEA (Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal), eles devem monitorar e estabelecer periodicamente a fiscalização e funcionamento para o ensino e pesquisa com animais.

giphy

 

 

Na legislação de direito ambiental as punições administrativas para a instituição que transgride as regras são:

  1. Advertência.
  2. Multa de R$5.000,00 a R$20.000,00;
  3. Interdição temporária.
  4. Suspensão de financiamentos dos créditos de pesquisa.

 

 

O beagles é o cão mais utilizado para as experiências, pois possuem uma estabilidade física, além de que o seu padrão facilita que estes testes sejam eficazes e tenham um índice de resposta mais continuo.

Muitas vezes estamos imersos nos padrões de beleza e tudo aquilo que é ou não considerado bonito pela sociedade, acabamos esquecendo que a grande maioria dos cosméticos que usamos diariamente são testados em animais, sejam eles simples cremes hidratantes até medicamentos que podem levar a cura para um ser humano, mas pode ser o fim para um animal inocente.

E me pergunto: Até onde vai nossa compaixão? E o nosso senso de vaidade?

Para saber sobre como ajudar a acabar com esses tipos de testes cruéis clique aqui e assine esses abaixo-assinados.