Tag: ‘capoeira’

03 . agosto . 2016

Salve!

Você tem uma palavra rápida para definir a capoeira?

Violência, marginalidade e extremamente ligado a religião? Essa seria a resposta de várias pessoas que não sabem da história desse esporte.

A capoeira, um esporte ligado diretamente com a cultura brasileira e uma das maiores transportadoras da língua portuguesa no mundo, é uma atividade física que trabalha todo o corpo, além de exercitar a mente, incitar a disciplina, autoconfiança, coordenação e desperta o respeito pelo próximo.

A capoeira foi um tempo de diversão para os negros escravos que foram transportados para o Brasil na época da escravidão. No início ainda não haviam os instrumentos para uma bateria de capoeiristas, mas os sons eram feitos pelas palmas e batidas dos pés. Existem dois tipos marcantes da caracterização da capoeira, inicialmente a Angola e logo mais a Regional.

A mãe da capoeira é a angola, originalmente pela dança da zebra, ou celebração da puberdade. Crianças e jovens, em dupla disputavam as mulheres de suas aldeias, os chutes, cabeçadas, coices, eram as bases dos movimentos. Quando os negros escravos chegaram ao Brasil e conseguiam um tempo de descanso, havia a união de suas culturas e assim surgiu a capoeira de angola. Esse novo estilo de luta se tornou mais característico com vários outros tipos de movimentação, musicalidade sobre suas descendências e golpes para conseguirem fugir dos ‘senhores do mato’.

Vicente Joaquim Ferreira Pastinha, Mestre Pastinha foi o responsável por inserir este esporte no país com seu estilo de jogo de angola. Muitos fatores estruturais como a libertação dos escravos e o aumento da desigualdade e criminalidade, marcaram a luta como algo negativo na sociedade. Foi necessária uma estratégia diferente de ensino e trabalho físico e mental para transmitir e aperfeiçoar a capoeira, mas Mestre Pastinha encontrou êxito em expandir essa manifestação cultural e tornou seu método uma tradição.

O jogo de capoeira ainda era um tabu visto pela comunidade como uma forma de violência. Manoel dos Reis Machado, resgatou o valor cultural da capoeira e revolucionou a luta com movimentos de outros combates, acompanhado de música.  Mestre Bimba foi o responsável por tirar a capoeira da marginalidade, trazendo esse esporte como estilo de vida. Pensar, agir e ser.

O esporte ganhou força a partir de 1940 e o atual presidente da época, Getúlio Vargas, atento a essa grande expansão no Brasil, liberou a prática da capoeira no território nacional e o consagrou esporte.

Capoeira5

 

É claro que o tabu não só incorporava apenas ao exercício, a participação da mulher em público era considerada uma rebeldia pelos padrões da sociedade. Assim, eram ministradas aulas particulares e escondidas dos olhos da comunidade. Mas, essa também foi uma barreira quebrada, a participação da mulher vai muito além de graça e beleza. O respeito, confiança e tolerância que são praticados, fizeram com que a participação feminina fosse possível.

10403478_726508364062764_5104644689281457713_n 972162_679733298707979_1128960288_n

Com o passar dos anos, a capoeira foi ganhando características, sons e várias manifestações culturais. O Maculelê é uma simulação de uma luta tribal, usando dois bastões ou facões. O Samba de Roda tem como objetivo quebrar o clima tenso durante uma roda de capoeira. A Puxada de Rede é uma dança para a celebrar os frutos de uma pescaria e a Dança do Fogo é uma dança africana que simula uma luta com bastões de fogo. Todas essas, são manifestações que expandiram com o passar dos anos, porém, cabe ao Mestre do grupo decidir quais serão inseridas na sua maneira de ensinar.

As canções e ritmos de movimentação são característicos de cada toque na capoeira, o São Bento Pequeno e São Bento Grande da Regional ou São Bento de Bimba, dita qual será o tipo de jogo em uma roda.

São Bento Pequeno é um toque para floreio, movimentos que mostram boa execução, equilíbrio e força. Um jogo bonito e sem ataques.

São Bento Grande da Regional ou São Bento de Bimba é um toque especifico para movimentos de luta, precisão de jogo e percepção do adversário.

A graduação e bateria, variam de cada grupo, modalidade e região, assim haverá várias formas de serem expressadas. A graduação tem como maior patente o Mestre e as seguintes também variam de acordo com os grupos, assim alguns dos seguimentos são:  Mestrando, Professor, Instrutor e Aluno respectivamente. A bateria é composta por berimbau, pandeiro, atabaque e pode-se acrescentar agogô e reco-reco.

Galera, respeito, dedicação, conhecimento pela história e treino te fará um bom aluno, para chegar longe depende apenas de você! Espero que tenham gostado de conhecer mais sobre esse esporte fascinante e que faz bem para o corpo e para a vida.

 

Um feliz dia do Capoeirista para vocês e muita roda boa por aí. 

 

Salve! :*