Tag: ‘Colorindo Vidas’

10 . Março . 2017

“Mesmo que sejamos ocupados, nós temos tempo para o que importa. E quando focamos o que importa, podemos construir as vidas que queremos no tempo que temos.” -Laura Vanderkam

Depois de um longo ano tentando conciliar o blog com a faculdade e o emprego, percebi as dificuldades de continuar me esforçando cada dia mais. Por isso, como vocês devem ter percebido, tiramos férias de dois meses para decidir se o Colorindo Vidas seguiria em frente ou focaríamos em nossos projetos pessoais.

Você deve estar se perguntando o que o possível fim do blog tem haver com o controle do seu tempo e acredite, tem tudo. Após esses meses (que juro ter ficado com um aperto no coração por não postar), decidi que estabeleceria regras para dividir o meu tempo e conseguir me entregar totalmente as três coisas.

Busquei dicas e planejei horários para que tudo desse certo, mas no papel tudo é muito fácil. Na prática, sempre acontecia alguma coisa que tirava o foco, mas tudo foi resolvido e de uma maneira mais simples do que eu e você imaginaríamos. Ao fuçar o site TED, encontrei uma palestra da Laura Vanderkam, autora de vários livros sobre como administrar seu tempo e crescer sua produtividade.

Sabe o que eu aprendi? O segredo para ter tempo é simplesmente encontrar suas prioridades. Calma, vou explicar. Por exemplo, se alguém disser que eu PRECISO me exercitar pelo menos uma hora por dia, eu provavelmente iria rir na cara dessa pessoa e sair andando. Por que? Porque eu não tenho uma hora para gastar indo a academia todos os dias ou fazendo uma caminhada. E se aparecer um imprevisto todos os dias? Um dia minha cahorrinha passa mal, no outro, eu preciso dar atenção para visita que apareceu de surpresa… Eu daria um jeito de arranjar uma horinha do meu dia para essas atividades sem que afetasse meus outros compromissos, certo? Sim, porque são prioridades.

O foco aqui é você pensar no que quer realmente fazer e tratá-las como prioridades, colocar no topo da sua agenda como algo indispensável. Se você quer ter um blog, como eu, pense nos posts como um imprevisto do seu dia que você precisa resolver. Como a própria Laura diz, “o tempo é muito elástico. Nós não podemos ter mais tempo, mas o tempo vai acomodar o que escolhermos encaixar nele.”

Não importa o que você quer fazer, seja passar mais tempos com os amigos, viajar, criar um canal no youtube, estudar, fazer um curso, ler livros. Você consegue! Você já pensou quanto tempo você gasta vendo TV ou mexendo no celular? Se você tivesse um imprevisto provavelmente não ficaria fazendo essas coisas com a mesma frequência no dia. Apenas estabeleça prioridades, se organize no fim de semana para estipular um horário para cada coisa que precisa fazer.

Então, agora vamos seguir em frente, mas queremos ver vocês realizando os sonhos junto com a gente. Existe tempo, basta você saber o que é importante pra você, o que te deixará feliz e realizado no fim do dia. Não deixe que seus sonhos morram por falta dele.

“Você pode usar suas pequenas porções de tempo para pequenas porções de alegria. Quando eu tinha um trabalho que exigia dois ônibus e um metrô todas as manhãs, eu costumava ir na biblioteca pegar coisas pra ler. Isso tornava a experiência toda quase agradável. Se não dá pra jantar em família devido à sua agenda de trabalho maluca, talvez um café da manhã em família possa ser um bom substituto. É uma questão de enxergar o tempo como um todo e ver onde as coisas boas podem se encaixar.”

12 . Abril . 2016

Enquanto estava pensando em um texto legal para vocês, meus queridos leitores, me deparei com uma constância que chega para todos nós. É simples, complicado e cheio de motivos, embora seja fácil definir e difícil realizar, não estou falando de uma simples receita, mas de um complexo paradoxo.

Quase uma batalha entre o bem e o mal de um conto de fadas.

Quantas vezes você se sentiu frustrado por não conseguir realizar um pequeno desejo? E mesmo quando tudo já está preparado, aos 45 minutos do segundo tempo acontece algo e você precisa desistir de tudo por vários motivos diferentes?

Parece que isso não acontece só comigo, não é?

Cada um tem sonhos que querem realizar e alguns deles podem parecer impossíveis, mas aquele que não tem motivação para ir atrás do que quer nunca irão desfrutar da sensação de dever comprido.

E então, eu fiz uma pequena lista dos meus Eu Nunca.

1. Eu Nunca fui a Itália

Podem apostar que o lugar número um na minha lista de desejos é conhecer a bota do mundo.

Sempre tive uma paixão pelas belezas que enfeitam a história da humanidade e a Itália possui uma ligação intensa com grande parte das transformações que temos hoje. Foi pela religião, pelos movimentos sociais, artísticos e políticos que nasceram parte do que vivemos e conhecemos hoje.

tumblr_m9v11z5kZR1rtad8co1_500

Não é só pelo Coliseu romano que possui em cada rocha uma história nunca contada ou vista pelos nossos olhos, pelos gritos e glórias expressas que jamais ouviremos, mas é pelo simples fato de cada lugar guardar uma história que ficará guardada para a eternidade. A beleza é rara e o raro é para o raro, como dizia Nietzsche.

2. Eu Nunca publiquei um livro

É uma meta. Quando eu estou indo a algum lugar, escutando alguma música, vendo alguma imagem desenhada pelas nuvens do fim do dia, uma frase, minha mente me transporta para outra realidade.

É como se tudo se tornasse cenários, as ações das pessoas e suas vozes fossem trabalhadas pelas minhas mãos. Me torno a pequena telespectadora e consigo sentir cada uma das sensações, emoções e superações.

Fotos-fofas-de-maquinas-de-escrever-9

Antes de começar minha faculdade de jornalismo, pensei em escrever sobre uma estudante de comunicação, na sua vontade em se destacar e conseguir deixar sua marca no mundo. E na minha mente veio a Maísa, jovem e com um desejo absurdo de aprender. Foi no seu local de trabalho que ela se viu mais do que uma jornalista, se viu como portadora da justiça. Sua missão era ajudar um homem a provar sua inocência e isso lhe proporcionou várias confusões, além da sua paixão pelo jornalismo. E no meio de erros e acertos, ela descobre a verdadeira face da mídia, o poder do dinheiro, mas acima de tudo o valor da verdade.

E eu sou sim uma romântica, e claramente existe uma história de amor. <3

E minha batalha constante é comigo, por que em um momento acredito nos meus sonhos, mas em outros sou como vidro e com qualquer impacto posso me estilhaçar. E por enquanto, apenas por falta de coragem, ainda não encontrei um fim para minha história, mas sei que vou.

3. Eu Nunca fui a um concerto internacional

Sou apaixonada por música. É basicamente um alerta para começar meu dia bem. E pode até parecer estranho, mas nem sempre gostei de apreciar as canções. Foi estudando a história do Brasil que conheci o MPB, minha paixão sem limites. E sentindo a poesia e a maravilha das palavras que me encantei pela solidão do Caetano e a fé do Djvan. E então, me agarrei fielmente as letras criptografadas das batidas populares.

Metade de mim também é carregada por músicas internacionais. Não é apenas pelo fato do país ser um grande ”coração de mãe” e acolher todos os estilos musicais, culturas e manifestações artísticas, mas o fato do meu coração também pertencer a esses versos.

No ano passado meu cantor preferido faria três shows no Brasil, dois em São Paulo e um no Rio de Janeiro. Era a oportunidade perfeita para conhece-lo mesmo que apenas eu o conhecesse. E então me programei, fiz planos, procurei lugar para ficar, valores do ingresso, passagem de ida e volta, detalhei até mesmo meu figurino para a grande noite em São Paulo. Foram dois meses de espera e planejamento. Porém, uma janela se abriu e eu consegui o realizar meu sonho número um da minha lista de desejos daquele momento: Entrar para a faculdade de Jornalismo.

E foi assim que o plano do meu primeiro show internacional foi por água a baixo. No dia da apresentação eu teria uma prova muito importante, e eu não poderia perde-la por nada. E eu não perdi.

tumblr_nd2wylKSzN1skd5smo6_r1_250

E esse foi o fiasco do meu primeiro não espetáculo. Mas com toda a certeza foi apenas a primeira tentativa. Um dia eu irei e quem sabe conhecerei meu ídolo muito além do palco? Que a sorte esteja a meu favor.

E assim começa a caminhada para riscar cada um desses itens.

Galera, esses são os meus Eu Nunca que um dia serão Eu Realizei. Se você tem uma lista de coisas, sonhos, desejos que nunca realizou e quer compartilhar, escrevam nos comentários. Partiu realizar nossa lista? (:

Até!

 

15 . setembro . 2015

Olá seres humanos do planeta terra, tudo bem?! Essa semana venham comigo conhecer alguns artistas que fazem músicas bem diferentes do que você possam estar acostumado a ouvir nas rádios. Bora começar ??

  • Joss Stone

Para quem não conhece, a moça é inglesa e faz um som bem diversificado, onde os instrumentos são variados. Ela também tem uma pegada mais Hippie e seus clipes são cheios de referências a esse estilo, confira o clipe de uma das minhas canções preferidas dela:

  • The Papper Kites

Esses australianos fazem um som bem legal e sua discografia é bem diversificada, com músicas para relaxar, curtir, animar dentre outras. Conheço essa banda desde 2012 já faz um bocado de tempo e eles ainda me surpreendem sempre.

  • Funeral Suits

Esse grupo é muito bom, escuto sempre e posso garantir que esses irlandeses vão te surpreender e assim que ouvir uma música vai ficar viciado no som dos caras.

  • Halsey

A cantora norte américa me surpreendeu há alguns meses, descobri por acaso no youtube e desde então estou viciado no novo álbum chamado Badlands, indico se gostar  da música abaixo.

  • Sigur Rós

Acho que todo mundo tem algumas bandas que guarda no coração, não é mesmo?! Então, essa é uma que tem um lugar reservado no meu miocárdio, esses caras islandeses fazem um som muito diferente de tudo que já havia ouvido até conhecer, com uma pegada minimalista clássica misturada com um post-rock, que acabou me ganhando.

 

Espero que gostem desses sons diferentes que fazem parte da minha playlist, e até o próximo post pessoal.

07 . Abril . 2015

Sejam bem-vindos de volta! Depois de um tempinho fora do ar por problemas técnicos, nós voltamos com um layout super novo e cheio de novidades pra vocês.

Primeiramente, queremos apresentar a vocês os nossos mais novos colaboradores: Bárbara Rodrigues, Cassius Bernardes, Monalisa Herchcovitch e Natth Masini. Assim que fizerem seus primeiros posts eles irão se apresentar.

Mas nem tudo é mudança, nós: Ada Gomes, Darah Ferreira, Diego França e Victor Hugo continuamos aqui para trazer as maiores novidades pra vocês e muito mais sorteios.

Bom, além do layout novo, nós também estamos trazendo duas novas tags para o blog: “DIY” (Faça você mesmo) onde traremos o passo-a-passo de várias receitas, objetos, etc. E também a tag “Feelings”, onde iremos escrever textos para reflexão.

Em breve teremos também vídeos feitos pelo nossa própria equipe. Então, não deixe de clicar aqui e se inscrever no nosso canal para receber todos os vídeos em primeira mão.

Bom, é isso! Esperamos que vocês continuem curtindo, e lembrem-se que qualquer sugestão ou dúvida é só entrar em contato com a gente pelas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter ou mandar um email para contato@colorindovidas.com.

O que vocês acharam da volta do Colorindo Vidas? Não deixem de comentar. 😉